Quantcast
Calendário
Rede do EPL
Apóie o EPL
Próximos Eventos

capoeirapor Eduardo Lopes

Coordenador Estadual do Estudantes pela Liberdade em Pernambuco

Oficialmente, a escravidão brasileira, a única remanescente nos países independentes do continente americano, foi abolida em 13 de maio de 1888. Claro, não seria uma lei assinada pela aristocracia que resolveria os problemas de quem tinha sua força de trabalho e dignidade roubadas; o ambiente vinha sendo moldado há cerca de 40 anos para que isso ocorresse da forma menos dolorosa possível — para os donos de escravos.

Por pressão inglesa, o Brasil já havia começado a dar alguns passos em direção ao fim da escravidão. A mais emblemática e ineficaz “lei para inglês ver”, a Lei Feijó, foi sancionada em 1832, dando nominalmente a liberdade a escravos desembarcados no país, mas somente em 1850 a Lei Eusébio de Queirós proibiu mais efetivamente o tráfico de escravos para o território nacional. O fim da escravidão no Brasil estava, ao menos, bem sinalizado, embora muitas medidas tomadas tenham servido para estender a vida do regime. (more…)

SIF 2014

Abaixo nós relacionamos as cinco razões pelas quais o SIF é o evento acadêmico do ano de Santa Maria. (more…)

Nov
20
2014

O comediante George Carlin finalmente conseguiu o reconhecimento que merece em sua cidade natal: um quarteirão de Manhattan com o seu nome . O bloco 400 da rua 121 foi rebatizado de “Via George Carlin” depois de Kevin Bartini, que aquecia o público do The Daily Show,esforçar-se por vários anos. Bartini percebeu que Carlin não tinha recebido nenhuma homenagem no local onde cresceu e ultrapassou uma série de obstáculos postos pelo governo local, lutando,ainda, contra o reverendo da Igreja Católica Corpus Christi, que fica no mesmo bloco que conheceu e desprezou Carlin.

O calvário de Bartini é uma homenagem a Carlin: uma batalha contra o governo e a religião organizada. Embora a igreja e a casa onde o jovem Carlin morou estivessem no bloco 500, um acordo foi firmado para mover os sinais um quarteirão abaixo. Como o comediante Colin Quinn observou, “É como uma solução antiga de bairro: Mova-o para baixo. Lute lá. George iria adorar“. Bartini respondeu: “Simbolicamente, o sinal está pendurado em outro lugar só porque os poderes não querem que você saiba quem George Carlin foi ou o que ele disse. Isso consolida ainda mais o ícone da contracultura ele foi. E ainda é.” (more…)

O texto abaixo foi escrito pela Coordenadora Local do  Estudantes Pela Liberdade – Europa, Ana Jakšić. 

Ontem à noite, 05 de novembro de 2014, o Coordenador Local do Estudantes Pela Liberdade da Sérvia, Nikola Ristić, organizou um evento na Universidade de Belgrado para aumentar a conscientização sobre a guerra contra as drogas com o diretor de programa do ESFL, Aleksandar Kokotović, como palestrante. O painel foi um enorme sucesso, com mais de 150 pessoas na plateia e alguns meios de comunicação presentes.

Após cerca de 40 minutos de evento, um grupo de neonazistas o interrompeu e começou a atirar folhetos, gritando insultos e se lançando em participantes como se estivessem prestes a atacá-los. Um deles tinha um símbolo da caveira nazista em sua camisa e uma placa      que dizia: “Estudantes contra o vício!” Eles eram barulhentos, violentos e se recusaram a deixar o local.

Eu estava na primeira fila e, quando comecei a tirar fotos, um dos neonazistas começou a me ameaçar. No momento em que me recusei a parar de tirar fotos, ele cuspiu na minha cara. A polícia foi informada e chegou pouco depois. Eles colheram informações, mas saíram sem deter qualquer um dos arruaceiros. Felizmente ninguém ficou ferido.

Após o incidente, a administração da faculdade disse que o evento não poderia prosseguir. Aleksandar e eu demos declarações aos numerosos jornalistas e todos os meios de comunicação relevantes sobre o incidente, que noticiaram nas primeiras páginas.

O Estudantes Pela Liberdade – Sérvia está chocado por algo assim ter acontecido, ainda mais em uma instituição acadêmica. O surgimento de grupos extremistas de direita na Sérvia é um problema alarmante que o Estudantes Pela Liberdade – Sérvia não vai tolerar sob qualquer circunstância. Vamos continuar a nossa luta pela liberdade através de métodos não violentos.Tudo o que temos a dizer é: “Nós não vamos deixar a violência parar nossa missão de tornar o mundo um lugar melhor“.

O evento ganhou ampla cobertura da mídia online e foi noticiado em dois dos jornais mais lidos da Sérvia. Os meios de comunicação e o público estão apoiando quase por unanimidade os estudantes e estão rotulando os oponentes como extremistas.

// Tradução de Ana Rachel Gondim.

por 

Libertários frequentemente respondem às alegações feministas sobre uma “cultura do estupro” com um aceno de desconsideração. Num primeiro olhar, a cultura do estupro aparenta ser um anti-conceito. A noção conspiratória de que a população masculina inteira está trabalhando junto para conscientemente fazer funcionar um sistema de intimidação e controle por meio de estupros é implausível.

No final das contas, a maioria dos homens não são estupradores e, como homens, podem lhe dizer que não há nenhuma maquinação hedionda da qual estejam cientes. Mas, em um segundo olhar, numa tentativa de ligar o pensamento libertário e o pensamento feminista, poderíamos aplicar insights libertários a conceitos tradicionalmente feministas (como a cultura do estupro)? Acredito que sim. (more…)

O dia 26 de setembro foi mais um que entrou para a história obscura de Iguala de la Independencia, cidade histórica do México. Quando um grupo de estudantes estava prestes a entrar em um ônibus da cidade com objetivo de participar de uma manifestação em memória da matança de estudantes de Tlatelolco, um terrível dejavu: policiais abriram fogo contra alunos da Escola Normal Rural “Isidro Burgos”. A ação deixou 25 feridos, 6 mortos e 43 estudantes desaparecidos.

Apontados como mentores intelectuais da chacina o prefeito José Luis Abarca e sua esposa María de los Ángeles Pineda, foram detidos na madrugada do dia 04/11, após fugirem repentinamente para um abrigo no bairro de Iztapalapa, na capital mexicana. Saíram deixando apenas uma dúvida: Se o estado, instituição que detém o monopólio da força, além de não defender a população, ataca, sequestra e mata, o que mais esperar? (more…)

plano cruzadoPostado originalmente no site do Clube Farroupilha

Por Mateus Maciel

O controle de preços ainda é uma prática que assombra inúmeros países. Por muitos anos ela foi adotado no Brasil e causou estragos que ainda são lembrados pela população. Portanto, neste texto, tenho como objetivo mostrar, utilizando o Plano Cruzado como exemplo, que o controle de preços é inviável e que a mão invisível do mercado é a única que pode “controlar” os preços em geral. (more…)

Pequenos Guias para Grandes Ideias é uma série educacional do EPL de introdução a importantes pensadores libertários. Cada post é escrito para dar aos alunos com mentes abertas, um ponto de partida para aprender com os grandes provocadores e agitadores que contribuíram para as ideias de liberdade.

“O tempo todo o governo tenta tratar dos nossos assuntos, isso  custa mais e os resultados são piores do que seriam se nós mesmos lidássemos com eles. “ -Benjamin Constant.

Quem: Benjamin Constant (1767-1830) foi um político suíço-francês que escreveu sobre política e religião. Ele é reconhecido como o primeiro liberal e, provavelmente, a primeira pessoa que entendeu que a maior ameaça para a liberdade é o poder político. (more…)

fide 14

O FIDE 14, Fórum Interdisciplinar de Direito e Economia 2014 – evento organizado pelo Grupo de Estudos Liberalismo e Democracia (GELD) do Paraná, tem como objetivo relacionar duas áreas do conhecimento que são importantíssimas para compreender nossa realidade e traçar perspectivas para o desenvolvimento do país.

Neste evento, os professores se sentirão à vontade para ofertarem suas visões pessoais nas áreas de direito e economia, podendo apresentar à comunidade acadêmica suas pesquisas e trabalhos já desenvolvidos.

O evento contará com a participação de três palestrantes internacionais e professores reconhecidos nacionalmente, incluindo os professores de Direito e Economia da Universidade Federal do Paraná. (more…)

we share

por 

O EPL tem o orgulho de se juntar ao #WeShare, uma coalizão global que busca difundir os benefícios positivos da economia compartilhada e incentivar mudanças nas restrições que impedem a livre escolha, o acesso mais rápido a produtos e uma maior economia para os consumidores. A visão do #WeShare é a de um futuro onde todos colhem os benefícios de uma próspera economia compartilhada.

Nos últimos meses, o mundo viu a reação excessiva dos governos nas proibições do serviço de caronas compartilhadas Uber na Austrália, Malásia, Filipinas, Alemanha, Bruxelas, entre outros, alegando que os usuários não possuem as licenças de operação necessárias e ameaçam as companhias de táxi, unicamente porque estas ferramentas – assim como o Lyft, side car e outros serviços de carona – oferecem serviços baratos, confiáveis e que podem ser avaliados diretamente pelos usuários, beneficiando os consumidores. (more…)